14.4 C
Jundiaí
sexta-feira, 19 julho, 2024

Papa Francisco incentiva fiéis a substituírem o uso das redes sociais por reflexão durante a Quaresma

Na abertura do período da Quaresma, o Papa Francisco instou os católicos a abandonarem as tentações mundanas e a focarem no essencial, durante a tradicional Missa de Quarta-feira de Cinzas realizada em uma das sete colinas históricas de Roma.

O Papa Francisco criticou a tendência das pessoas em expor suas vidas nas mídias sociais, lamentando “um mundo em que tudo, até mesmo nossas emoções e sentimentos mais profundos, precisam se tornar ‘sociais'”.

Em vez disso, o pontífice de 87 anos enfatizou que os fiéis deveriam buscar sua “câmara interior” para encontrar momentos de reflexão e oração silenciosa, durante uma homilia.

A Quaresma, um período de 40 dias de penitência que antecede a Páscoa – o mais importante festival cristão que celebra a ressurreição de Jesus -, representa os 40 dias que, segundo a Bíblia, Jesus passou jejuando no deserto. Durante esse tempo, os católicos são incentivados a jejuar, lembrar-se dos necessitados e contemplar sua própria mortalidade.

“Vida não é teatro”, declara Papa Francisco ao abrir período da Quaresma

O Papa Francisco, em um culto realizado na Basílica de Santa Sabina, no Monte Aventino, em Roma, convocou os fiéis a abandonarem as armadilhas mundanas e a retornarem ao coração, ao que é essencial.

Durante a cerimônia, precedida por orações em uma igreja próxima e uma procissão de cardeais e bispos, os participantes, incluindo o papa, receberam cinzas aspergidas em suas cabeças como parte do ritual da Quarta-feira de Cinzas, que serve como um lembrete da mortalidade para os mais de 1,35 bilhão de católicos do mundo.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas