22.3 C
Jundiaí
sábado, 2 março, 2024

Jundiaí não registra ocorrências após chuvas de janeiro

spot_img

De acordo com informações divulgadas pela Defesa Civil, o acumulado de chuvas no mês de janeiro totalizou 358 mm. Este valor está abaixo da média dos últimos 10 anos para o mesmo período, que é de 438 mm. Destaca-se que, mais uma vez, as medidas preventivas adotadas pela Prefeitura demonstraram eficácia, resultando na ausência de ocorrências graves.

As ações preventivas foram iniciadas durante o período de estiagem no ano de 2023. A Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP) desempenhou papel crucial, realizando a limpeza de aproximadamente 5 mil metros de rios e córregos, além da manutenção de mais de 60 mil bocas de lobo. Adicionalmente, foram implementadas obras de canalização pluvial no córrego do Gramadão, situado na avenida Antonio Pincinato, e diversas intervenções de drenagem.

Destaca-se também a implementação de um plano de mitigação de riscos nas vielas do São Camilo, conduzido pela Fumas como parte do Plano de Requalificação do bairro. Na mesma região, quatro áreas de risco estão sendo monitoradas pela Defesa Civil. Já na avenida José Maria Whitaker, 22 residências localizadas em áreas de risco foram demolidas, com as famílias recebendo suporte por meio de auxílio aluguel.

No Santa Gertrudes, mais de 17 residências foram interditadas e demolidas devido ao risco apresentado às famílias. Após avaliação social, identificou-se a necessidade de demolir mais 13 casas. A situação se repete no Balsan, onde outras 13 residências também serão demolidas.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas