13.8 C
Jundiaí
segunda-feira, 22 abril, 2024

Jundiaí expande programa de castração gratuita de pet em 2024

spot_img

O Departamento de Bem-Estar Animal (DEBEA), vinculado à Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA) da Prefeitura de Jundiaí, está fortalecendo sua iniciativa de castração gratuita na cidade.

Com o novo contrato de prestação de serviços assinado no ano anterior, a meta é realizar cerca de 5 mil procedimentos em cães e gatos ao longo de 2024. Essas intervenções, sem custo algum, serão conduzidas em diferentes bairros, sublinhando o compromisso da Prefeitura com a responsabilidade social, especialmente para famílias de baixa renda.

“Priorizar a qualidade de vida significa disponibilizar serviços públicos, educação, saúde e infraestrutura para todos. Com planejamento, Jundiaí expande políticas públicas como a castração de cães e gatos e a microchipagem, promovendo mais saúde e segurança para os animais de estimação. Destaca-se também a iniciativa das Praças Pet, incentivando famílias a ocuparem espaços públicos com seus pets, promovendo saúde e lazer”, comenta o prefeito Luiz Fernando Machado.

“Hoje em dia, uma castração em clínica particular pode custar entre R$ 300 e R$ 800, dependendo do porte e da espécie do animal. Portanto, promover esses mutirões, com um aumento na prestação de serviços, é extremamente benéfico para famílias, principalmente aquelas em situação de vulnerabilidade que não têm condições de arcar com os custos de uma castração em clínica particular”, afirma o diretor do DEBEA, Wagner de Paiva. Até o momento, 584 cães e gatos já foram castrados em 2024.

Tamires Rossini, residente da Ponte São João, castrou seu cachorro Luck em um mutirão realizado pelo DEBEA em janeiro deste ano. “O Luck foi resgatado das ruas em agosto do ano passado. Costumo dizer que ele nos adotou, pois foi amor à primeira vista. Como temos outros cães, o mutirão foi muito importante, também por conta da própria saúde dele e pela oportunidade de realizar o procedimento sem custos. Foi uma experiência muito boa, desde o início até o fim do procedimento; a equipe é muito atenciosa”.

Com um investimento de cerca de R$ 2,5 milhões ao longo de cinco anos, estima-se que sejam realizadas aproximadamente 5.100 castrações por ano, representando um aumento de 155% em relação ao contrato anterior. Até então, os recursos disponíveis permitiam a realização de aproximadamente 2.000 castrações por ano.

O contrato tem validade de cinco anos, com a possibilidade de prorrogação por mais cinco. “Através dos mutirões de castração, conseguimos oferecer atendimento descentralizado, levando os serviços próximos às residências e atendendo não apenas os pets das pessoas em situação de vulnerabilidade”, destaca o gestor de Governo e Finanças (UGGF) José Antonio Parimoschi.

O próximo mutirão, sempre mediante agendamento prévio, está marcado para o dia 08 de março, no DEBEA, localizado na Rua Abrahão Farrão, 8, na Chácara São Francisco. Os tutores de cães e gatos interessados em castrar seus animais de estimação gratuitamente podem se cadastrar pelo site do DEBEA ou pelo aplicativo APP Jundiaí, no serviço Cadastro de Animais para Castração.

Após o cadastro, as pessoas devem aguardar o contato do órgão. Podem ser inscritos fêmeas e machos de cães e gatos, com idades entre três meses e oito anos, e peso acima de um quilo e meio. Para o serviço, serão convocados os tutores cadastrados no sistema do Departamento, de acordo com o número de vagas disponíveis. Portanto, a atualização do cadastro é indispensável.

É importante ressaltar que Jundiaí possui uma série de políticas para promover o bem-estar animal. O Departamento do Bem-Estar Animal (DEBEA) oferece apoio a protetores, atendimento clínico veterinário para a população de baixa renda, adoção, entre outros serviços. Além disso, o Departamento ganhará uma nova e ampliada sede no mesmo bairro, cujas obras estão em fase inicial.

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas