14.7 C
Jundiaí
segunda-feira, 22 abril, 2024

Centro de Contingência atende 26 pessoas no 1º dia

spot_img

26 pessoas com suspeita de dengue foram atendidas no primeiro dia de funcionamento do Centro de Contingência, aberto pela Prefeitura de Itatiba via Secretaria de Saúde ontem, terça (27/02). Todos os casos seguem para investigação e diagnóstico final.
Hoje, quinta (29), o Centro de Contingência segue aberto das 16h30 às 20 horas no ACE (Ambulatório Central de Especialidades) – SUS, localizado no Jardim De Lucca. Durante esse horário, médicos e profissionais de enfermagem atendem especificamente pessoas com sintomas de dengue, que contam com espaço de hidratação (onde tomam soro).
Quem pode procurar?
O Centro de Contingência foi criado para dar atendimento mais rápido às pessoas com suspeita de dengue e também a quem já está com diagnóstico da doença, para tratar os sintomas.
A medida foi tomada nesta semana pela Prefeitura de Itatiba devido à procura que vem crescendo nos últimos dias no serviço público de saúde de pessoas com suspeita de dengue. O local funcionará – inicialmente – até amanhã, podendo ter prazo prorrogado caso ainda esteja com alta demanda.
Sintomas
Os principais sintomas de dengue são febre alta (acima de 38°C), dor de cabeça, dor no corpo e articulações, dor atrás dos olhos, falta de apetite, manchas vermelhas no corpo e mal-estar geral.

Combate intensificado
Além de ampliar o atendimento, a Prefeitura de Itatiba tem investido em outras ações estratégicas e fundamentais para combater a doença. Em janeiro, um grande mutirão de limpeza e eliminação de criadouros foi realizado no Jardim das Nações, bairro que teve o primeiro caso neste ano e segue com o maior número de registros de dengue.
Uma força-tarefa entre secretarias municipais lideradas pela Saúde realizou a ação, que contou o uso inédito de drones da Defesa Civil, que estão ajudando na identificação de possíveis criadouros em locais de difícil acesso aos agentes de saúde, como telhados e caixas d’água.
Nesta semana, o Nações tem recebido a nebulização de inseticida nas casas, para matar o mosquito Aedes aegypti já em fase adulta, para barrar o ciclo de contaminação. A Prefeitura de Itatiba pede que a população colabore, permitindo a entrada dos agentes e a aplicação do produto – que é feita apenas nas áreas externas, num esforço que só rende frutos com a ajuda de todos.

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas