13.5 C
Jundiaí
domingo, 21 julho, 2024

Biblioteca Comunitária no Jardim Fepasa avança com oficinas para moradores

publicidadespot_imgspot_img

Os anseios dos residentes do Jardim Fepasa por uma biblioteca comunitária tornam-se uma realidade concreta, à medida que o projeto ganha forma. Essa iniciativa é resultado de uma colaboração interplataforma entre a Prefeitura de Jundiaí, articulada pela Rede Jundiaí de Cooperação em parceria com o Sesc. Localizada na Associação dos Moradores – “Casa Verde”, ponto central para as atividades da Fundação Municipal de Ação Social (Fumas), Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS), e de lazer, a sala está sendo transformada para incluir uma área dedicada à leitura. Essa transformação é conduzida por meio de oficinas com os próprios moradores, que desempenham um papel ativo na organização do espaço e na implementação de melhorias.

A colaboração entre diferentes setores resultou na construção coletiva desse ambiente, visando atender aos desejos da comunidade para o desenvolvimento de todas as idades. Para a adaptação do espaço, foram conduzidas oficinas de marcenaria pelo Sesc, proporcionando aos participantes noções práticas que podem abrir caminho para futuras oportunidades de geração de renda. O resultado inclui a montagem de 4 estantes pequenas, 4 estantes para adultos, 15 cubos/nichos e 2 sapateiras. Com o espaço já em pleno funcionamento, um diversificado acervo literário está disponível para leitura no local e empréstimo.

O acervo, cuidadosamente selecionado, é fruto de uma Mediação de Leitura coordenada pelo Sesc em dezembro de 2023. Esse processo envolveu a escuta atenta da comunidade, um diagnóstico dos interesses e comportamentos de leitura. A Unidade de Gestão de Cultura e o Sesc, por meio de suas bibliotecárias, desenharam uma lista abrangente, contemplando eixos temáticos como diversidade (autores negros, indígenas e não europeus), formatos diferenciados, literatura periférica, livros de vestibular, poesia, contos, romances, com uma atenção especial para o acervo infantil. Alguns títulos serão doados pelo Sesc, enquanto outros serão disponibilizados pela Cultura.

Uma das participantes, Priscila Souza Mattos Moura, expressou sua satisfação com a oficina de marcenaria e já está pensando em aprimorar seus conhecimentos para potencialmente utilizá-los como fonte de renda. O responsável pela oficina, Daniel Frasson Costa, destacou que a demanda do Sesc Jundiaí foi elaborada especificamente para atender às necessidades do Jardim Fepasa, incluindo técnicas, equipamentos e informações sobre o processo criativo dos móveis.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas