22.3 C
Jundiaí
sábado, 2 março, 2024

Prefeitura e soldados do GAC atuam para conter casos de dengue

spot_img

A Prefeitura de Jundiaí realiza nesta quinta-feira (4) a primeira força-tarefa de 2024 de enfrentamento e combate as arboviroses. Equipes da Vigilância em Saúde Ambiental (Visam), vinculada à Unidade de Gestão de Promoção da Saúde, com o apoio de soldados do 12º Grupo de Artilharia de Campanha Barão de Jundiahy, percorrerão imóveis do bairro Ivoturucaia para orientação e eliminação de criadouros do mosquito Aedes Aegypti. A região é considerada local de transmissão da dengue, com 14 casos confirmados para a doença e quatro exames aguardando resultado.
O Boletim de Arboviroses do dia 29 de dezembro indicou que o Município estava com 1.093 casos de dengue, sendo 927 autóctones e 166 importados. Alguns exames de 2023 ainda estão no aguardo de resultados. Neste ano, até o momento, foram registradas três notificações com sintomas. O risco de epidemia é iminente, conforme alerta do Ministério da Saúde e do Governo do Estado. A situação é agravada pela variação climática e pelo retorno dos sorotipos 3 e 4 da dengue, que não circulavam há cerca de 15 e 10 anos, respectivamente. A Prefeitura ampliou as estratégias de enfrentamento a partir de trabalho intersetorial, em complemento ao trabalho realizada Visam e pela Atenção Básica.
A Prefeitura de Jundiaí reitera a importância do esforço conjunto entre o Poder Público e a Sociedade. O Aedes Aegypti também transmite as arboviroses zika e chikungunya, igualmente graves. Para conter a proliferação do mosquito é preciso evitar acúmulo de água em ambientes como pratos de plantas, calhas, pneus, latas, entre outros objetos. Levantamento apontou que, em Jundiaí, 85% dos criadouros estão nas residências.
“Estamos reforçando as medidas, pois é fundamental contermos o avanço da dengue, evitando internações e óbitos. Todo o Município receberá ações extras para acabarmos com a proliferação do mosquito, iniciando pelo Ivoturucaia, que segue com transmissão. Estivemos no território no dia 28 de dezembro e voltaremos ao bairro com os soldados em uma grande mobilização”, informa a gerente da Vigilância em Saúde Ambiental, biomédica Ana Lúcia de Castro Silva.
Entre os principais sintomas da dengue estão: febre, dor no corpo e articulações, dor atrás dos olhos, mal-estar, falta de apetite, dor de cabeça e manchas vermelhas no corpo. A orientação é procurar a Unidade de Saúde mais próxima para diagnóstico e tratamento adequado.

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas