21.4 C
Jundiaí
sexta-feira, 1 março, 2024

Educadores participam do programa “Cultura e Educação de Mãos Dadas”

spot_img

Em apoio às ações formativas da Unidade de Gestão de Educação neste início de ano e em consonância com o Programa da Unidade de Gestão de Cultura “Cultura e Educação dando as mãos”, 60 educadores infantis participaram, nos dias 25 e 26, de diversas atividades em três dos equipamentos culturais da cidade: Espaço Expressa, Fábrica das Infâncias Japy e Biblioteca Nelson Foot, bem como conheceram as principais ações que são idealizadas e realizadas para as crianças, nesses locais.
No dia 25, as visitas começaram na Biblioteca com os educadores infantis conhecendo o espaço e as possibilidades de utilização do equipamento e ainda tiveram a oportunidade de acompanhar apresentação de teatro de mamulengos (fantoches típicos da região do Nordeste brasileiro), com os atores da Cia. Grifo de Teatro.
Na sequência, os participantes foram caminhando até a Fábrica das Infâncias Japy, passando pela primeira Área da Infância da cidade, dentro da proposta do programa “Voa Pé” desenvolvido pela Escola Inovadora.
O “Voa Pé” visa a utilização de espaços públicos, anexos ou próximos das Emebs, propõe novos desafios e aprendizagens junto à natureza e traz inovações para o cotidiano dos estudantes em meio às propostas de desemparedamento da escola.
Já na Fábrica das Infâncias Japy, os educadores tiveram um panorama do Programa Jundiaí Cidade das Crianças, com destaque para as políticas públicas voltadas à Primeira Infância na cidade, envolvendo os principais conceitos, os direitos das crianças que precisam ser garantidos e ainda puderam se inteirar do parque naturalizado e área da infância. Ao final da visita ao equipamento cultural, os educadores participaram de uma Oficina de Malabares.
A programação no dia 26 ficou concentrada no Espaço Expressa – Espaço de Cultura e Humanidades, sede da UGC. Na oportunidade os educadores foram recebidos pelo gestor de Cultura, Marcelo Peroni, que destacou a importância da parceria entre Educação e Cultura e o papel significativo do professor como oportunizador para as crianças, tanto para a criatividade como para oportunizar seu primeiro contato como o canto, a dança, o teatro entre outras linguagens artísticas.
Acompanhados da “Senhora Temporária”, personagem do Projeto Guardiões do Patrimônio, interpretado pela atriz Carol Retro, os professores receberam informações sobre os “Guardiões do Patrimônio”, programa de educação patrimonial desenvolvido pela Plataforma de Educação e Cultura da Prefeitura, por meio do Departamento de Gestão do Espaço Expressa da Unidade de Gestão de Cultura e do Núcleo de Educação Socioambiental da Unidade de Gestão de Educação.
O público-alvo do programa são os alunos dos quartos anos (faixa-etária: dos nove aos dez anos) da rede municipal de ensino. A proposta consiste na distribuição de um Passaporte Cultural estilizado para as crianças participantes para que elas, após a vivência em cada um dos 15 importantes e reconhecidos patrimônios do Município, recebam carimbos em cada uma das respectivas páginas e que certifiquem a sua visita.
Os educadores puderam conhecer as dependências do Museu dos Ferroviário, onde a história da ferrovia paulista está em exposição por meio de documentos, mapas e outros equipamentos. A visitação ao Espaço Expressa foi concluída após os professores participarem de uma Oficina de Dança.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas