29.2 C
Jundiaí
sábado, 30 setembro, 2023

“Sexta no Centro” abre Agenda Cultural de setembro

spot_img

Preparada pela Unidade de Gestão de Cultura (UGC), a Agenda Cultural começa nesta sexta-feira (1), a partir das 16h, com a edição de setembro da Sexta no Centro. De volta à Praça Marechal Floriano Peixoto (Praça do Coreto), a programação desta vez tem como tema “Diversidades” e segue até as 22h.

Sobe ao palco, a partir das 16h, o coletivo Manas em Roda com a interação do público e a mistura de samba de roda com samba de coco, maculelê, afoxé e forró. Em seguida, às 18h, o DJ Thyga leva ao público seu trabalho de discotecagem já famoso dos bares locais. Para concluir a festa, a banda Jupta apresenta, a partir das 20h, “Vertigem”, show energético que reúne canções carregadas de influências que vão desde o Rock alternativo até a música eletrônica.

O público que passar pela Praça poderá ainda saborear as delícias gastronômicas das barracas das feiras e varejões municipais, além de prestigiar e adquirir o artesanato do programa municipal Jundiaí feito à Mão.

Ainda nesta sexta-feira (1), a partir das 19h, a Sala Santos – Jundiaí de espetáculos do Espaço Expressa (avenida União dos Ferroviários, 1760) recebe o show musical em que a banda Genghis Rex apresenta repertório autoral, com inserções de clássicos do Hard Rock. A entrada é gratuita, mas a banda realiza durante o show uma arrecadação de alimentos para doação ao Fundo Social de Solidariedade (Funss).

Cidade das Crianças
Os equipamentos culturais também trazem atrações gratuitas para o público infantojuvenil, por meio do programa municipal Cidade das Crianças.

Já no sábado (2), a Fábrica das Infâncias Japy (rua Lacerda Franco, 175 – vila Arens) recebe, a partir das 10h30, a contação de histórias “O Fruto Sem Nome”, em que a Cia. Caça Vento de Artes apresenta as peripécias de Edu, Elo e Samy para resgatar, juntamente com a arara azul e do rei leão, o fruto que irá acalmar Mãe Natureza enfurecida pelo desperdício feito pelos animais.

Ainda no sábado (2), a Biblioteca Municipal Professor Nelson Foot (avenida Dr. Cavalcanti, 396 – Complexo Argos) recebe a abertura da exposição fotográfica “Diversidade em Contraluz”, de Maurici Chinaque; a aula de xadrez para iniciantes, com os professores Iliandro e Maurício, a partir das 10h; e a contação de histórias “O trovador e o rei sábio”, com Giovanni Joaquim e Sid Alves, da Cia. A Dois, a partir das 11h.

A Cia. A Dois volta a apresentar “O trovador e o rei sábio” no domingo (03), a partir das 10h30, mas desta vez na Fábrica das Infâncias Japy.

Teatro
No Teatro Polytheama (rua Barão de Jundiaí, 176 – Centro), a programação desta sexta-feira (01) traz, às 20h, o espetáculo de comédia stand up “Fora da Casinha”, em que Gio Lisboa conta histórias engraçadas do seu cotidiano, interage com a plateia e conta com a participação de um DJ. Os ingressos vão até R$ 80 e podem ser adquiridos na bilheteria do teatro e na internet, por meio da plataforma Sympla.

Já no sábado (02), o teatro recebe a Aula Magna “Autismo e Escola: o que está por fazer?”, com a professora portuguesa PhD Nora Cavaco. Com início marcado para as 13h30, a atividade integra a programação do 1º Encontro Internacional de Educação Inclusiva de Jundiaí, uma iniciativa da Prefeitura por meio da Unidade de Gestão de Educação (UGE). Os ingressos gratuitos para os inscritos poderão ser retirados na bilheteria do Teatro a partir das 12h do dia da apresentação.

E no domingo (03), com sessões às 15h e às 17h30, o teatro recebe a apresentação Roblox, da Cia. Condoreira de Teatro, baseada no game que se tornou uma sensação no mundo dos gamers e apreciadores de jogos eletrônicos. Os ingressos também vão até R$ 80 e podem ser adquiridos na bilheteria do teatro e na internet, por meio da plataforma Sympla.

Mais informações podem ser obtidas na bilheteria do teatro, pelo telefone 4586-2472.

Exposições
Durante os finais de semana, os equipamentos culturais seguem abertos para visitação gratuita do público sempre das 10h às 17h.

“Holocausto: para que nunca se negue, para que nunca se esqueça e para que nunca mais se repita”, continua no Museu Histórico e Cultural de Jundiaí – Solar do Barão (rua Barão de Jundiaí, 762 – Centro), que devido ao sucesso de público foi prorrogada até outubro. A classificação indicativa da exposição é de 12 anos, indicando que crianças sejam acompanhadas dos pais ou responsáveis.

Na Pinacoteca Municipal Diógenes Duarte Paes (rua Barão de Jundiaí, 109 – Centro), o visitante poderá conferir a exposição “Memórias da Terra Querida, Jundiaí”, do artista plástico Luca Ferrari. Com gravuras em relevo de dez importantes patrimônios municipais, a mostra tem classificação livre e integra a programação do Mês do patrimônio Histórico e Cultural deste ano.

Já no Museu dos Ferroviários do Espaço Expressa, os interessados poderão conferir a exposição permanente “Ferrovias… muito além dos trilhos”. Dividida em duas salas, a mostra é uma homenagem às contribuições da ferrovia e dos ferroviários, tanto no mundo, como no Brasil e em Jundiaí.

Toda a programação gratuita dos espaços culturais da Prefeitura pode ser conferida na Agenda Cultural.

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas