17.8 C
Jundiaí
sexta-feira, 21 junho, 2024

Acidentes com pipa na Grande São Paulo aumentam 45% em 2023

spot_img

De acordo com um relatório divulgado pela Enel Distribuidora, concessionária elétrica responsável pelo fornecimento de energia elétrica na cidade de São Paulo e municípios da Região Metropolitana, o número de acidentes com pipas aumentou 45% entre janeiro e junho de 2023.

A companhia revela ainda que, nos seis primeiros meses do ano, foram registrados 1.092 casos de falha na rede por causa de pipas. Durante todo o ano de 2022, o total de ocorrências foi de 2.082, um aumento de 19,38% em relação a 2021. Em números brutos, a capital paulista lidera o ranking de ocorrências, com 831 registros em seis meses e aumento de 55,62% em relação a 2022. 

Já em números relativos, o maior aumento é em Osasco, que registrou crescimento de 100% no número de ocorrências, com o total chegando a 48. Outro destaque da lista é Carapicuíba, a segunda cidade com mais casos, com 51 ocorrências. 

Além de possível rompimento dos cabos, as linhas de pipas que ficam enroscadas nos cabos podem gerar desgastes nos fios, gerando curto-circuitos e derretimento.

De acordo com o responsável pela Saúde e Segurança do Trabalho da Enel, Marcelo Bezerra, diz ser importante divulgar os riscos de se empinar pipa em locais próximos à rede elétrica.

“Quando o assunto não é levado em consideração, a brincadeira pode provocar acidentes graves e, em algumas circunstâncias, até fatais. Pode ocasionar danos à rede elétrica, prejudicando diretamente o fornecimento de energia para milhares de pessoas. Por isso, é importante reforçar os riscos de se empinar pipa próximo da rede e a necessidade de os pais orientarem as crianças e os adolescentes sobre os cuidados necessários”, diz Bezerra.

Como empinar pipa com segurança

A Enel recomenda a não utilização de rabiolas nas pipas, já que elas podem enroscar nos fios e gerar choques fatais. Outra recomendação é evitar empinar pipas quando chove, já que elas funcionam como para-raios e também podem provocar acidentes.

A empresa diz que é preferível empinar pipas em locais abertos, como campos de futebol e parques, evitando proximidade com a rede elétrica. Caso a pipa fique presa, a recomendação é não tentar resgatá-la, já que apenas pessoas autorizadas podem manusear a rede.

O uso de materiais metálicos e de cerol também não é recomendado, assim como a chamada “linha chilena”, que tem poder de corte alto e pode provocar tanto acidentes com cabos quando com pessoas. Além disso, no caso de crianças brincando com pipas, é recomendável a presença de um adulto acompanhando.

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas