22.5 C
Jundiaí
segunda-feira, 15 abril, 2024

CPFL alerta para divergência de dados que deixa famílias fora da Tarifa Social  

spot_img

A CPF Piratininga tem mais de 93 mil clientes beneficiados pela Tarifa Social, que concede descontos de até 65% a consumidores de baixa renda. No entanto, a distribuidora estima que aproximadamente 200 mil famílias de 27 municípios sejam elegíveis ao programa. Entre um dos motivos que impede a família de receber o benefício, está a desatualizados ou divergentes dos dados no Cadastro Único (CadÚnico), em relação às informações que constam na conta de energia. 

É por via do CadÚnico, que concentra a concessão desse benefício e de outros programas sociais federais, que os sistemas das empresas de energia qualificam automaticamente os clientes para a Tarifa Social. Para que essa identificação ocorra, as informações precisam ser idênticas.

“Algumas vezes, o beneficiário inscrito no CadÚnico não é o mesmo integrante da família que aparece como titular da conta de energia. Outras vezes, o nome não está escrito da mesma forma nas duas plataformas ou o consumidor possui um endereço no cadastro do governo e outro no sistema da distribuidora de energia. Essas são algumas das divergências que impedem a qualificação automática do cliente para o benefício”, explica Rafael Lazzaretti, diretor comercial das distribuidoras CPFL Energia.  

Para que o programa de descontos possa contemplar mais famílias, a distribuidora busca ativamente clientes, por meio de campanha nas redes sociais, canais de atendimento e e-mail, para esclarecer como funciona a Tarifa Social, quem pode ser beneficiado e como fazer o cadastro. “Estamos atuando em várias frentes, para que todos os clientes, com direito ao desconto, de fato sejam contemplados pelo benefício”, completa Lazzaretti. 

Funcionamento do Programa

O primeiro ponto importante é entender que os descontos da Tarifa Social de Energia Elétrica variam de 10% a 65%, de acordo com a faixa de consumo. 

Quem são elegíveis ao benefício:

  • Família inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário-mínimo nacional;  
      
  • Família inscrita no CadÚnico com renda mensal de até três salários-mínimos, que tenha entre seus integrantes portador de doença ou deficiência (física, motora, auditiva, visual, intelectual e múltipla) e necessite fazer tratamento, procedimento médico ou terapêutico com uso continuado de aparelhos, equipamentos ou instrumentos que dependam de energia elétrica; 
      
  • Família indígena ou quilombola inscrita no CadÚnico; 
      
  • Idosos com 65 anos ou mais ou pessoas com deficiência, que recebam o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC), nos termos dos artigos 20 e 21 da Lei nº 8.742, de 7 de dezembro de 1993; 

Ao ser cadastrado no CadÚnico, a CPFL Piratininga faz o cadastro automático para a Tarifa Social. Vale reforçar: é fundamental que as informações constantes no cadastro de programas sociais do Governo Federal – critério básico para a concessão da Tarifa Social – sejam as mesmas da base de dados da companhia de energia. Isso inclui nome completo (sem erros ou abreviações) e números de documentos como CPF, RG e NIS, além do endereço.  

Portanto, se o cliente já está inscrito no CadÚnico ou Benefício de Prestação Continuada (BCP) e ainda não é beneficiado pelos descontos da Tarifa Social, o primeiro passo é certificar de que os dados do CadÚnico ou BPC são os mesmos da conta da CPFL Piratininga. 

Para se cadastrar no CadÚnico ou para atualizar dados cadastrais, basta procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo.  

Em caso dúvida sobre a Tarifa Social, os clientes também podem entrar em contato com a CPFL. No site há um menu com várias informações sobre a Tarifa Social: https://www.cpfl.com.br/tarifa-social-de-energia-eletrica 

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas