22.8 C
Jundiaí
terça-feira, 29 novembro, 2022

Mesmo com redução de 6%, preço médio do botijão de gás de 13kg ainda é alto

PUBLICIDADEspot_img

A Petrobras reduziu em 4,7% o preço do gás de cozinha para as distribuidoras, o que significa um desconto de R$ 3,32 no preço do botijão para os brasileiros. No último levantamento divulgado pela Petrobras, realizado entre 13 e 17 de setembro, o botijão de gás de 13 kg estava custando ao consumidor, em média, R$ 113,25 (período em que houve a primeira redução, de 4,7%).

De acordo com a estatal, o preço final do gás de cozinha é comporto por 49,2% (valor destinado a Petrobrás), 10,6% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Produtos (ICMS) e o restante é responsabilidade das distribuidoras, que leva em conta os gastos logísticos e a margem de lucro. A expectativa é que o impacto no bolso da população seja pequeno. Diante disso, a educadora financeira Aline Soaper faz um alerta para quem quer economizar na hora de comprar o gás doméstico.

“O consumidor deve ficar atento para saber se a distribuição vai representar essa diminuição também. Os vendedores têm liberdade para colocar seus próprios preços e, pode acontecer de, um ou outro, não respeitar o preço com essa redução e a pessoa continuar pagando o mesmo preço ou até mais caro do que pagaria antes da redução da Petrobras. É importante, na hora de comprar, que o consumidor pesquise o preço, faça consulta em mais de um distribuidor para saber se esse desconto realmente vai chegar na casa dele, porque isso vai representar uma economia no final do mês”, ressalta Soaper.

O último levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis — ANP, feito até o dia 10 de setembro, mostrou que o preço médio do botijão de 13 kg do GLP (gás liquefeito de petróleo) para o consumidor varia até 32% entre os estados.

O preço mínimo encontrado foi de R$ 81,99, na Região Sudeste, e o máximo, de R$ 160,00, no Centro-Oeste. O estado do Rio de Janeiro tem o valor médio mais baixo do país, de R$ 110,59, e Mato Grosso, o mais alto, de R$ 132,92. Ainda de acordo com ANP, o valor do gás de botijão subiu pela terceira semana seguida na revenda. Segundo o órgão regulador, o preço do quilo do botijão (de 13 quilos) estava em R$ 111,91, até o dia 03 de setembro, foi para R$ 113,25 na semana de 13 a 17 de setembro. O que significa uma alta de 1,19%.
 

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas