spot_img
21.7 C
Jundiaí
sábado, 17 abril, 2021

Covid-19: Agendamento para professores e profissionais de educação abre nesta sexta-feira (9) em Jundiaí

Desta vez, o agendamento não irá garantir a vacinação. Para ser imunizado, o profissional deverá apresentar o comprovante, com QR Code, emitido pelo VacinaJá Educação.

Professores que atuam presencialmente nas escolas e profissionais da educação, com idade acima de 47 anos, começarão a ser imunizados contra a covid-19 na próxima semana. O agendamento para os profissionais que atuam na rede municipal, estadual, federal e privada de ensino será aberto na sexta-feira (9), às 15h, pelo APP Jundiaí e site da Prefeitura de Jundiaí. 

O agendamento deve ser realizado somente pelos profissionais que atendem aos critérios determinados pelo Estado: idade acima de 47 anos, estar na ativa e que atuem no Ensino Infantil I e II, Fundamental e Médio, em funções como diretores, secretários, auxiliares de serviços gerais, merendeiras, monitores, cuidadores e faxineiras.  A lista completa de funções pode ser acessada no link

“É importante salientar que, conforme frisado pela Secretaria de Estado da Educação, a vacina é destinada apenas para os profissionais que estão na ativa, têm contato direto e presencial com os alunos e apresentem o comprovante com QR code emitido pelo Governo do Estado. Pedimos a colaboração para que o agendamento nos canais digitais da Prefeitura seja realizado somente por quem se enquadrar nos critérios estabelecidos”, solicita o gestor da Unidade de Promoção da Saúde (UGPS), Tiago Texera. 

A vacinação dos profissionais de educação será realizada na próxima semana. Na segunda (12) e terça-feira (13) serão 1.100 doses por dia no CECE Francisco Dal Santo (Vila Rami) e na quarta-feira (13), 1.080 doses no CECE Aramis Polli (Vila Hortolândia), das 8h30 às 17 horas. 

Cadastro no Vacinajá Educação

Desde a tarde de terça-feira (6), os profissionais de educação podem fazer o cadastro no site https://vacinaja.sp.gov.br/educacao. O primeiro passo é entrar no link e fazer o preenchimento das informações: número do CPF, nome completo e e-mail. Em seguida, receberão um link no e-mail indicado e será necessário validá-lo para dar continuidade ao cadastro. 

No passo seguinte, o profissional deve confirmar os dados pessoais e apontar nome da escola, rede de ensino, município e cargo ocupado. Para as redes municipais, particulares e federal também é necessário anexar os holerites dos meses de fevereiro e março.

Na sequência, o cadastro passará por um processo de análise e dupla validação pelo secretário e diretor da escola. Se confirmado, o profissional receberá em seu e-mail o comprovante VacinaJá Educação, este documento terá um QRCode para verificação de autenticidade.

Desta vez, o agendamento não irá garantir a vacinação. Para ser imunizado, o profissional deverá apresentar o comprovante, com QR Code, emitido pelo VacinaJá Educação, RG e CPF para a conferência dos dados pela equipe da UGPS. “A vacina só será ministrada nos profissionais que apresentarem o comprovante com QR code e documentos pessoais”, esclarece Tiago. 

A gestora da Unidade de Educação, Vastí Ferrari Marques, esclareceu que os profissionais da educação que estão elegíveis para a vacinação já receberam as orientações por meio dos diretores das escolas onde atuam. Foram realizadas reuniões tanto com a rede municipal e estadual, quanto com a rede privada de ensino. 

Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.

SUGESTÃO DE PAUTAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas