22.7 C
Jundiaí
quinta-feira, 21 janeiro, 2021

Boulos liga para eleitores e cresce entre os indecisos em São Paulo

Candidato do PSOL usa o telefone para tirar dúvidas dos eleitores e diminui distância para Bruno Covas (PSDB) nas intenções de votos

A uma semana do segundo turno em São Paulo, o candidato do PSOL, Guilherme Boulos chegou a 45% das intenções de votos, segundo pesquisa Datafolha. Ele reduziu a distância para o prefeito Bruno Covas (PSDB), que aparece com 55% e tenta a reeleição.

De acordo com a pesquisa, Boulos tem avançado entre aqueles que estão indecisos e entre quem votaria branco ou nulo. Para conquistar essa parcela do eleitorado paulistano, Boulos tem adotado uma estratégia diferente. Chamada de Vira Voto, o candidato tem ligado de surpresa para os eleitores que deixaram perguntas ou mensagens em bancas espalhadas pela campanha em pontos da capital paulista.

Esse tipo de estratégia não é muito comum por aqui. No entanto, em países como Estados Unidos e Nova Zelândia, os candidatos usam os telefones para falar diretamente com seu eleitorado para pedir votos e também financiamento para suas campanhas.

Em um vídeo no Youtube, Boulos fala sobre a estratégia Vira Voto ao ligar para pessoas que deixaram seus comentários nas bancas do PSOL. Ele diz que a ideia é tirar dúvidas sobre as propostas e se aproximar ainda mais dos eleitores.  A estratégia parece que tem dado certo já que ele tem crescido nas pesquisas de intenções de votos, principalmente entre os indecisos.

Outra característica de Boulos, é o uso da linguagem carregada nas gírias diárias que o coloca mais próximo do cidadão. Como ele mesmo tem enfatizado durante todo o processo eleitoral, ser um homem de periferia, faz com que os eleitores que ainda estão em dúvida se sintam representados pelo candidato.

Perfil do eleitor – Além de crescer entre os que ainda não haviam definido em quem votar no segundo turno, Boulos também tem a preferência de voto entre os funcionários públicos, eleitores do PT, jovens entre 16 e 24 anos, entre pretos, quem tem entre 25 e 34 anos, desempregados e quem tem ensino superior.

Mais tempo – Outro fator que tem contribuído para o crescimento de Boulos diz respeito ao tempo que ele tem de propaganda em rádio e TV. No primeiro turno, quando era a terceira via, ele tinha apenas 17 segundos em cada um dos dois blocos de horário na TV e duas inserções diárias. Bruno Covas tinha 3min29s e 25 inserções. Agora ambos contam com 5 minutos duas vezes ao dia e 25 inserções cada.

Ascensão do partido – O PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) é o partido que se faz presente em movimentos e coletivos negro, de jovens, feministas e LGBTQI+. Nesta eleição, conseguiu eleger seis vereadores em São Paulo, sendo agora a terceira maior bancada da Câmara Municipal – atrás do PT e PSDB, ambos com oito cadeiras cada.

Pelo PSOL foram eleitas uma mulher trans, Erika Hilton; uma mulher negra, Luana Alves; e duas candidaturas coletivas, a Bancada Feminista e o Quilombo Periférico, esse último formado por homens e mulheres negros de bairros dos extremos da cidade.

Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.

SUGESTÃO DE PAUTAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

notícias relacionadas