16.4 C
Jundiaí
domingo, 21 julho, 2024

Petrobras anuncia aumento de 7,1% na gasolina e de 9,8% no gás de cozinha

publicidadespot_imgspot_img

A Petrobras comunicou um reajuste de 7,1% nos valores da gasolina destinada às distribuidoras, equivalente a um acréscimo de R$ 0,20 por litro do combustível. Além disso, o gás de cozinha também sofrerá um aumento de 9,8%.

A Petrobras efetuou seu primeiro ajuste nos preços da gasolina deste ano sob a gestão de Magda Chambriard na presidência da companhia. O último ajuste ocorreu em 21 de outubro de 2023, quando os preços foram reduzidos. Antes disso, o último aumento da gasolina foi em 16 de agosto de 2023.

Quanto ao gás de cozinha, o preço de venda para as distribuidoras será, em média, de R$ 34,70 por botijão de 13kg, representando um acréscimo de R$ 3,10 ou 9,8% em relação aos preços praticados até então.

Esse é o primeiro reajuste nos preços de venda do gás de cozinha no ano. Os últimos ajustes ocorreram em maio e julho do ano passado, ambas reduções. O último aumento do gás foi em 11 de março de 2022.

Levantamento da Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis, a Abicom, indica que os preços praticados pela Petrobras estavam 18% abaixo do valores de partidade com o combustível importado. Portanto, o aumento anunciado cobre apenas parte dessa diferença.

Há um mês, durante um evento no Rio de Janeiro, Chambriard expressou confiança em relação aos preços internacionais e aos valores praticados pela Petrobras. Na ocasião, afirmou que o preço de referência no exterior, a participação de mercado da estatal e o custo de oportunidade para exportação estavam adequados, e que não havia planos de alteração nos preços da companhia naquele momento.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas