16.2 C
Jundiaí
sábado, 13 julho, 2024

Novo reservatório da Dae no Jardim do Lago prestes a entrar em operação

As regiões do Jardim do Lago, Vila Didi, Jardim Estádio, Cidade Jardim e Vila Esperança terão o abastecimento de água reforçado a partir de agosto, quando a Dae Jundiaí conclui as obras do novo reservatório de água tratada na região.
O equipamento se somará aos 59 reservatórios em operação na cidade e vai ampliar a capacidade de armazenamento em mais três milhões de litros de água tratada. O investimento é de R$ 5,49 milhões, com recursos do Programa Saneamento para Todos-FGTS, tendo como agente financeiro a Caixa Econômica Federal.
O comerciante Ivo Cardoso conta que, pelo fato de o Jardim do Lago ficar em uma região alta, às vezes há momentos em que a água demora para retornar. “Temos água todo dia, mas há momentos em que demora mais. Este reservatório é uma benção. Além da garantia de água, trará mais segurança para toda a região”, avalia. Moradora no bairro desde que nasceu, Gislaine Mariano elogia a qualidade da água da Dae. “Aqui tem água limpa e bem tratada. Com o reservatório, teremos mais garantia”, afirma.
A Dae já trabalha para a implantação de uma sexta bomba na Casa de Bombas da Estação Elevatória de Água Bruta do Jundiaí Mirim, o Recalque, unidade responsável por encaminhar a água para tratamento até a Estação de Tratamento de Água do Anhangabaú (ETA-A). “Hoje temos um conjunto de cinco bombas, das quais sempre temos três ligadas e duas de reserva, em caso de alguma paralisação ou manutenção. Nossa ideia é termos a sexta bomba para atender, no futuro, novas demandas de tratamento na ETA Anhangabaú”, afirma o gerente de Operações e Eletromecânica da Dae, Leandro Ferro. Com investimento total de R$ 2,3 milhões, a obra já conta com parte das peças contratadas e em fase de fabricação.
Ao mesmo tempo, a empresa realiza o remanejamento de redes de água. Vila Argos, Ponte São João, Vila Arens, Vila Nambi, Jardim Estádio e Vianelo receberão as obras, cujo investimento total é de R$ 3,7 milhões, com recursos do governo federal, tendo como agente financeiro a Caixa Econômica Federal.
Também estão em andamento as obras de implantação de uma nova adutora sentido Vetor Oeste, que vai reforçar o abastecimento em toda a cidade, já em fase final. “Faltam apenas dois trechos: uma interligação na rua Barão de Teffé e um cavalete no Córrego das Valquírias”, detalha o gerente de Obras de Água da Dae, Osmar Aparecido Raphael. A nova adutora terá 1.000 mm de diâmetro e vai substituir a atual, de 700 mm de diâmetro. O investimento é de R$ 19,3 milhões, com recursos do Programa Saneamento para Todos-FGTS, tendo como agente financeiro a Caixa Econômica Federal

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas