16.4 C
Jundiaí
domingo, 21 julho, 2024

É possível viajar com mais segurança nas férias

publicidadespot_imgspot_img

Julho é o mês em que muitos aproveitam as férias escolares para fazerem uma viagem com a família. Mas para que tudo corra bem, é necessário tomar alguns cuidados com a segurança. Passar informações a estranhos e compartilhar experiências da viagem nas redes sociais não é recomendado.
“Evite antecipar dados sobre a viagem na internet durante as férias. Isso pode atrair a atenção de pessoas mal-intencionadas”, alerta Vinícius Freitas, diretor de Operações do Grupo GR, empresa especializada em segurança. “Se deseja postar fotos em tempo real, fique atento à privacidade dessas informações.”
Para quem já tem reservas em hotéis, alguns cuidados também são importantes, segundo o especialista. “É preciso estar atento às movimentações ao redor, durante a entrada. Caso note algo suspeito, comunique a equipe”, avalia Freitas.
De acordo com o diretor, é sempre bom certificar-se de que as portas estão fechadas ao sair do quarto e antes de dormir. “E no caso de viajar com crianças, não se descuide delas, nem mesmo nas áreas de recreação.”
Os cuidados também devem ser mantidos no momento do checkout: “Dependendo do destino, os turistas podem encerrar a viagem com as malas cheias de compras. Por isso, pessoas estranhas podem se aproveitar de momentos de distração e levar as bagagens que ficam na recepção”.

Cuidados ao sair do condomínio
Sempre que sair de viagem, é importante também avisar o síndico ou zelador que você ficará ausente. Não deixe as chaves na portaria. Se acontecer algum incidente, ela pode parar nas mãos de pessoas não confiáveis.
O diretor do Grupo GR recomenda que os síndicos inspecionarem os sistemas de segurança e circuito de câmera. “É importante verificar o funcionamento de tudo para garantir a segurança nesse período em que muitos apartamentos ficam vazios”.
Se houver contrato com empresas de segurança, importante pedir que as rondas sejam intensificadas nesta época. “Carros parados por longos períodos, pessoas estranhas vistas com frequência na região ou qualquer outra situação deve ser comunicada imediatamente à segurança e à polícia”, conclui Freitas.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas