15.4 C
Jundiaí
domingo, 21 julho, 2024

Dae remaneja emissários e adutora para prolongamento da Ozanan

publicidadespot_imgspot_img

As obras de remanejamento de um emissário de esgoto da Dae Jundiaí, de grande porte (1.500 mm de diâmetro), tiveram início na semana passada no prolongamento da avenida Antônio Frederico Ozanan. Os serviços começaram pela margem esquerda do rio Jundiaí.
“A maior obra de mobilidade da nossa história está com ritmo acelerado e avançando com o que há de mais moderno em infraestrutura e mobilidade. Quando concluída, ela trará benefícios como segurança viária, conforto com a redução no tempo de deslocamento dos motoristas e solução para um dos principais gargalos da nossa cidade”, comenta o prefeito Luiz Fernando Machado.
“Parte do trecho será interditado pontualmente e devemos finalizar a obra, na margem esquerda, dentro de 60 dias”, detalha o gerente de Obras de Esgoto da Dae, Alexandre Mariano. Após esse período, em uma segunda etapa, serão remanejados o emissário de 1.000 mm e uma adutora de 400 mm, ambos na margem direita da Ozanan.
O prazo total da obra da Dae é de quatro meses e o investimento é de R$ 2,14 milhões. “São estruturas de grande porte, importantes para garantir a operação da Dae, tanto quanto ao abastecimento quanto à coleta e afastamento de esgoto”, destaca.
As intervenções da Dae estarão localizadas perto das obras da ponte estaiada, um dos principais dispositivos previstos no projeto. A ponte ligará a Ozanan à avenida Luiz Latorre, na altura da rua Benedito de Godoi Ferraz.
A previsão de entrega do prolongamento é o primeiro semestre de 2025 e a expectativa é garantir mais mobilidade aos 40 mil veículos que passam pela região todos os dias.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas