25.4 C
Jundiaí
sábado, 28 janeiro, 2023

GM fala sobre violência doméstica para alunos da escola estadual

Com o objetivo de levar o tema “Violência Doméstica” a setores da sociedade, a equipe da patrulha Guardiã Maria da Penha, programa do Ministério Público executado pela Unidade de Segurança Municipal, por meio da Guarda Municipal de Jundiaí, realizou na última semana, palestras e rodas de bate papo com alunos do ensino médio da Escola Estadual (E.E.) Paulo Mendes Silva.

De forma voluntária, os guardas que integram a patrulha transmitiram aos alunos como é o trabalho da GM nas fiscalizações das medidas protetivas. “Abordamos toda lei Maria da Penha e principalmente como é o passo a passo da corporação nas rondas e fiscalizações das medidas protetivas. É importante que todos saibam que as mulheres vítimas têm com quem contar”, disse a guarda feminina Regiane Arenhardt, integrante do programa.

Aproximadamente 60 alunos participaram da roda de conversa e outros 600 em diversos períodos, foram beneficiados com as palestras dos guardas. “Eles transmitiram didaticamente os conhecimentos e experiências vividas ao longo dos três anos de programa. É um tema importante com um trabalho sensacional”, disse a professora Maria Vitorino, da escola estadual.

Com o objetivo de levar o tema “Violência Doméstica” a diversos setores da sociedade, a equipe da patrulha Guardiã Maria da Penha, programa do Ministério Público que é executado pela Unidade de Gestão de Segurança Municipal/Guarda Municipal de Jundiaí, realizou na última semana, palestras e rodas de bate papo com alunos do ensino médio da Escola Estadual Paulo Mendes Silva.

“Com a criação do programa, as vítimas estão tendo mais coragem em denunciar o agressor. As denúncias devem ser feitas pelo canal 153 da GMJ”, destaca a subinspetora Adriana Camargo, chefe da equipe da GMJ, que reforçou a missão e o compromisso do programa no combate à violência doméstica. Adriana reiterou ainda a participação importante da Assessoria de Políticas Públicas para as Mulheres com sua atuação intersetorial.

Também integram a rede de atendimento, a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e diversas Unidades de Gestão da Prefeitura como Saúde e Assistência Social, por meio de termo de cooperação técnica firmado em julho de 2019 entre o Ministério Público do estado de São Paulo e a Prefeitura de Jundiaí.

Números do programa

Segundo a Guarda Municipal de Jundiaí, que é o órgão que executa as ações encaminhadas pelo Ministério Público, foram realizadas pela Patrulha Guardiã, nestes três anos, aproximadamente 32 mil ações em prol das vítimas de violência doméstica ou familiar em Jundiaí.

De acordo com a Patrulha Guardiã Maria da Penha, estão ativas 135 medidas protetivas com rondas e fiscalizações constantes das equipes da GMJ às vítimas.

De janeiro a novembro, foram realizadas pelo programa, 11 palestras, entre elas, escolas, empresas e órgãos municipais.

Fonte: Assessoria de Comunicação PMJ

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas