26.5 C
Jundiaí
quarta-feira, 8 fevereiro, 2023

Portugal vence o Uruguai por 2 a 0 e vai às oitavas de final

Bruno Fernandes é o nome dele. Decisivo, levou Portugal a classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo do Qatar. Dominante em grande parte da partida, a seleção portuguesa venceu o Uruguai por 2 a 0, hoje (28), no estádio Lusail, e se isolou na ponta do Grupo G.

A seleção de Cristiano Ronaldo controlou as ações da partida, mas esbarrou em um bem postado sistema defensivo uruguaio e demorou para balançar as redes. E conseguiu em um lance confuso aos nove do segundo tempo. Bruno Fernandes cruzou e CR7 esboçou um cabeceio. No primeiro momento, o gol foi dado para o português, mas depois foi atribuído a Bruno. O próprio camisa 8, de pênalti, ampliou já nos acréscimos.

Com este resultado, Portugal se isola na liderança da chave, com seis pontos, e se junta à França e Brasil como as seleções já classificadas para as oitavas do Mundial do Qatar. Além disso, os portugueses “se vingaram” da eliminação para os uruguaios nas oitavas de final da Copa da Rússia 2018. 

Enquanto isso, o Uruguai estaciona na lanterna da chave e fará o jogo da vida contra a vice-líder Gana. Além da vitória, os uruguaios precisarão de um tropeço da Coreia do Sul contra os lusos.

A definição dos classificados para as oitavas no Grupo H do Mundial do Qatar será nesta sexta-feira (2), às 12h (de Brasília). Portugal encara a lanterna Coreia do Sul, enquanto o Uruguai tem um confronto direto com Gana.

Que categoria

Polêmicas fora das quatro linhas à parte, Cristiano Ronaldo precisou de três minutos em campo para surpreender. Após cobrança de lateral pela esquerda, o camisa sete surpreendeu e ajeitou de ombro, próximo à linha de fundo, para William Carvalho, na entrada da área, mandar por cima da meta de Rochet. 

Participativo em campo, o astro da seleção portuguesa esteve flutuando pelo campo de ataque, buscando jogo tanto pelo centro quanto pelos lado de campo, sempre próximo de companheiros, tentando tabelas ou passes rápidos para tentar furar o sistema defensivo uruguaio.

Clima esquentou

Em busca da vitória para assegurar a vaga nas oitavas de final com uma rodada de antecedência, Portugal controlou a posse de bola e apertou os uruguaios em seu campo. Explorando um jogo veloz, rodando a bola de um lado para o outro, o ataque luso deu trabalho para a defesa sul-americana. 

Apesar do volume, a seleção portuguesa não criou chances claras de gol, tornando o goleiro Rochet em um expectador das boas intervenções da defesa uruguaia. 

Já o Uruguai, nas poucas vezes que teve a bola, puxou jogadas em velocidade, procurando especialmente Darwin Núñez e Cavani. A dupla de ataque celeste, no entanto, pouco tocou na bola e não teve chance de finalizar contra a meta de Diogo Costa.

Com a temperatura em elevação, o árbitro iraniano Alireza Faghani foi obrigado a interromper um bate boca no campo português. Isso porque os europeus estavam incomodados com as faltas cometidas pelos uruguaios. João Félix, por exemplo, quase ficou sem camisa em disputa na lateral. (Fonte: UOL)

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas