26.4 C
Jundiaí
quarta-feira, 7 dezembro, 2022

Depois de Caio Copolla, Jovem Pan demite Augusto Nunes

PUBLICIDADEspot_img

O Grupo Jovem Pan parece estar fazendo uma limpa e, depois de dispensar Caio Copolla foi a vez do companheiro de profissão Augusto Nunes, 73, foi demitido do Grupo Jovem Pan, um dia após a derrota do presidente Jair Bolsonaro (PL) nas eleições. A emissora confirmou a informação, mas não comentou os motivos devido a “cláusulas de confidencialidade”. 

Ele foi contratado em 2016, para atuar no rádio. Depois, também migrou para a TV. Ele já estava afastado desde a semana passada, após descumprir ordem do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Contratado em 2016 para atuar no rádio, ele migrou para a TV. Nunes já estava afastado desde a semana passada, após descumprir ordem do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Pelo Twitter, Nunes afirmou que chamou o candidato do PT de “ladrão, ex-presidiário, descondenado e amigo de ditadores” após o TSE ter dito que não censurou o canal pelos termos usados contra o ex-presidente.

Em nota, a empresa divulgou a seguinte nota:

Em comum acordo, O Grupo Jovem Pan e o jornalista Augusto Nunes entenderam por bem pôr fim à parceria de trabalho que estava vigente há mais de cinco anos, através da empresa do Augusto, Lauda Comunicação Ltda, sem qualquer animosidade ou juízo de valor. 

Os termos e detalhes do deslinde não serão objetos de comentários por conta de o contrato de origem estar acobertado e protegido por cláusula de sigilo e confidencialidade. 

O Grupo Jovem Pan agradece o jornalista Augusto Nunes e deseja sucesso nas novas fronteiras que ele haverá de desbravar. Fonte: UOL

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas