15.4 C
Jundiaí
segunda-feira, 3 outubro, 2022

Secretarias de Vinhedo se mobilizam para criar rede de apoio a crianças e adolescentes

PUBLICIDADEspot_img

As secretarias de Educação, Saúde e Assistência Social e Cidadania de Vinhedo estão unindo forças para criar um programa de atendimento integrado às crianças e adolescentes da Rede Municipal de Educação. Batizado de Programa Saedas Vinhedo, com as iniciais das três secretarias, a proposta é unificar as informações de crianças e adolescentes atendidas nas três pastas para oferecer apoio e acolhimento personalizado em busca de preservação de direitos e melhor qualidade de vida para estudantes e famílias.

Os alunos da Rede Municipal de Educação recebem atendimentos diversos em diferentes secretarias. Cada secretaria tem seus programas desenvolvidos por equipes especializadas naquele segmento. A ideia é unificar as informações desses atendimentos para que todos os profissionais conheçam melhor a criança ou adolescente atendido para oferecer acolhimento mais amplo e efetivo.

“Sabemos que a pandemia trouxe muita ansiedade aos alunos, esse é um apontamento recorrente dos pais. O objetivo do Saedas é acolher melhor as crianças que estão mais frágeis e vulneráveis para que elas possam se desenvolver com qualidade e tenham a ajuda que precisam nesse processo”, explicou a secretaria de Educação, Rogéria Nicoletti.

Um mesmo aluno, por exemplo, pode ser atendido pelo psicólogo da saúde, em um programa da Assistência Social e um grupo de apoio da Educação. Como esses profissionais não interagem, os atendimentos são isolados. A iniciativa vai unificar os cadastros das três secretarias, e o atendimento, para que todos os profissionais envolvidos caminhem juntos, oferecendo acolhimento integral e atenção especial a cada estudante. “Queremos acompanhar a criança e o adolescente em todos os sentidos”, afirma a secretária de Assistência Social e Cidadania, Cristina Mazon.

A unificação dos cadastros e dos atendimentos vai permitir ainda que, caso necessário, ações emergenciais sejam adotadas prontamente para garantir a segurança das crianças e adolescentes. A Secretaria de Assistência Social e Cidadania, por exemplo, será informada rapidamente sobre eventual atendimento ao aluno na Saúde, o que vai otimizar a adoção de medidas necessárias. “Estaremos olhando paras essas crianças e adolescentes em sua totalidade”, diz o secretário de Saúde, Milton Ribolli.

As reuniões sobre o novo programa tiveram início este mês com a participação dos secretários municipais Milton Ribolli, Cristina Mazon, Rogéria Nicoletti e outros profissionais e equipes das três secretarias, que abordaram os impactos da pandemia para crianças, adolescentes, suas famílias e debateram estratégias de atendimento às diferentes demandas, para ampliar a qualidade dos serviços prestados à população.

No primeiro encontro, participaram também as diretoras das Unidades Educacionais de Ensino Fundamental II, que atendem alunos de 6º a 9º ano e também da EJA (Educação de Jovens e Adultos). A próxima reunião, que está sendo agendada, será com diretoras da Educação Infantil e Ensino Fundamental I, para acolher as demandas desses segmentos e incluí-las no planejamento do Programa, que atenderá toda a comunidade escolar.

A proposta do Saedas é promover um atendimento integrado para os alunos com os profissionais das três secretarias envolvidos, entre eles supervisoras de Educação, diretores e coordenadores pedagógicos, equipes gestoras das Unidades Educacionais, representantes do projeto Fortalecendo Vínculos, assistentes sociais, psicólogos e profissionais da Saúde. Esses profissionais vão atuar em parceria pela preservação dos direitos das crianças e adolescentes.

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

notícias relacionadas