22.8 C
Jundiaí
terça-feira, 29 novembro, 2022

Mulher vegana é condenada à prisão perpétua após filho morrer desnutrido nos EUA

PUBLICIDADEspot_img

Fonte: Isto É

Sheila O’Leary, de 38 anos, foi condenada à prisão perpétua pelo homicídio do filho de um ano e meio.

A criança morreu desnutrida após ter se alimentado apenas de leite materno, frutas e vegetais crus, pois a mulher é vegana. O caso ocorreu no estado americano da Flórida.

De acordo com o jornal O Globo, a mulher foi sentenciada por assassinato em primeiro grau, abuso infantil agravado, abuso infantil, homicídio culposo, além de duas acusações por negligência infantil. Ryan Patrick O’Leary, o pai da criança, segue preso e aguarda julgamento pelos mesmos crimes.

O menino de um ano e meio morreu em setembro de 2019 por “complicações de desnutrição grave e desidratação”, segundo promotores locais. A polícia, na época, pontuou que a criança de 18 meses pesava apenas 8 kg, mas era do tamanho de um bebê de sete mesmo.

Os investigadores ainda declararam que outros três filhos do casal se alimentavam apenas de frutas e vegetais crus, todos encontrados com sinais de desnutrição por conta de rigorosa dieta vegana na família.

O que é Veganismo

As pessoas adeptas do veganismo, além de terem uma dieta vegetariana estrita, também não usam roupas de origem animal, como couro, seda ou lã, nem produtos cosméticos que tenham ingredientes de origem animal ou que tenham sido testados em animais.

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas