22.8 C
Jundiaí
terça-feira, 29 novembro, 2022

Guardiã Maria da Penha da GCM amplia atendimento de medidas protetivas contra agressores

PUBLICIDADEspot_img

Na semana passada, que foi celebrado o final do mês temático Agosto Lilás de conscientização pelo fim da violência contra a mulher, a equipe Guardiã Maria da Penha da Guarda Civil Municipal (GCM) da Prefeitura de Valinhos ampliou em dois o número de atendimentos de medidas protetivas a favor de mulheres contra seus agressores, totalizando agora 15 vítimas monitoradas e protegidas pela corporação. Num dos casos, a mulher atendida se mudou de Monte Mor para Valinhos e a solicitação de proteção foi feita pela GCM de origem, enquanto o segundo atendimento é originário de Valinhos.

“Apesar do aumento do número de casos de violência contra mulher, é dever do Poder Público trabalhar para prevenir e combater esse mal que assola famílias, e isso estamos fazendo aqui em Valinhos por meio de diversas frentes, não somente na área de segurança pública, mas também na assistência social, saúde, cultura e outros setores. Estamos promovendo o empoderamento contínuo do público feminino como forma da mulher se encorajar para enfrentar as questões do dia a dia com independência”, salientou a prefeita Capitã Lucimara Godoy.

Também na semana que marcou o fim do Agosto Lilás, a Guarda Civil Municipal esteve com um grupo de advogadas que compõe a Comissão da Mulher Advogada da Subseção Valinhos da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) na Avenida Paulista, no bairro São Cristóvão, para realizar uma blitz de conscientização pelo fim da violência doméstica, entregando impressos com mensagens de coragem para denunciar e convidando para o bate papo sobre o assunto que aconteceu na quarta-feira, dia 31, na Câmara Municipal, que contou com a participação da subinspetora GCM Rose, coordenadora do Projeto Guardiã Maria da Penha.

A equipe de atendimento de medidas protetivas é formada pela subinspetora GCM Rose e GCM Soraia, que trabalham com uma viatura caracterizada no atendimento às mulheres protegidas por medida judicial. “Diariamente fazemos visitas às vítimas, de forma alternada, e mantemos contato com elas para saber se estão sendo importunadas pelos agressores”, explicou a subinspetora. De acordo com ela, o trabalho tem dado resultado, casos já foram solucionados desde o início da ação, em maio, onde os indiciados abandonaram totalmente o contato com as vítimas.

No suporte ao Projeto Guardiã Maria da Penha, a prefeita Capitã Lucimara Godoy, por meio da Secretaria de Segurança Pública e Cidadania vem realizando diversas ações para fomentar o fortalecimento das medidas de prevenção à violência contra mulher e a cultura de respeito entre as pessoas. “Estamos terminando na próxima semana a formação da segunda turma do curso de técnicas de defesa pessoal para mulheres, para realizarmos a aula inaugural no próximo dia 14”, acrescentou o secretário de Segurança Pública e Cidadania, Osmir Cruz.

De acordo com o comandante da Guarda Civil Municipal, Aparecido Ignácio, a corporação trabalha constantemente para proteção do cidadão, e quando se protege a mulher, a família também é amparada. “Infelizmente não podemos prever quando a violência doméstica vai acontecer, mas depois que acontece, podemos ajudar na proteção daquela família que está desmoronada, para que ela reconstrua um novo caminho”, disse Ignácio.

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas