spot_img
13.4 C
Jundiaí
quarta-feira, 6 julho, 2022

Padre fazia sexo com homens em Instituto Bíblico “Posso sentar e chupar”

PUBLICIDADEspot_img

Fonte: Correio do Interior

Arquidiocese de Brasília apura a denuncia em que um padre é acusado de ações irregulares no Instituto Bíblico de Brasília.

Uma denúncia foi feita por um enfermeiro que trabalhou no local. Com provas ele mostra que o padre tinha um comportamento incomum. O padre, Brás Costa assediava homens sexualmente, e até usava o local para tal ação.

Ao tomar conhecimento do escândalo, o arcebispo de Brasília, dom Paulo Cezar Costa, em nota ao Metrópoles disse que não aceita a permanência do padre Brás no território da Arquidiocese de Brasília.

Apesar de o caso não configurar crime no Código Penal Brasileiro, a prática fere o Código de Direito Canônico da Igreja Católica e abala a confiança dos fiéis que acompanhavam as missas celebradas pelo sacerdote.

Padre tinha muito desejo sexual

Contudo o padre fazia chantagem e ameaças, bem como prometia emprego em troca das ações. O padre praticava os atos dentro do Instituto Bíblico entre 2019 e 2021.

O enfermeiro disse que o padre começou com elogios, de diferentes modos.

O profissional de saúde contou que as primeiras abordagens vinham acompanhadas de elogios ao seu corpo, além de apalpadas nos braços, nas nádegas e até no pênis dele.

“Além do padre Brás, quase todos os seminaristas do instituto sabiam e muitos participavam das sessões de sexo. Eu acabei cedendo às investidas”, disse o rapaz, que é bissexual.'”

O enfermeiro disse ainda que o padre praticava pressão com outras pessoas para sedução.

De acordo com o enfermeiro, havia uma espécie de pressão para que ele cedesse aos joguetes sexuais conduzidos pelo religioso.

“Ficava muito claro que eu poderia perder o meu emprego caso não aceitasse. Acabei mantendo relações sexuais com esse padre durante dois anos. Isso acabou com a minha vida: tive depressão e até tentei suicídio”, relatou.

O denunciante disse ainda que não havia dia e nem hora para os atos. Além disso tudo acontecia nos quartos, banheiros, corredores e até depois da celebração de missas, dentro do Instituto. Enfim o padre combinava tudo pelo WhatsApp.

O que diz o padre Brás Costa ?

Em contrapartida aos fatos, o Padre disse que não teve relacionamento sexual com o enfermeiro dentro ou fora do Instituto.

Por fim o Padre disse que foi chantageado para dar dinheiro ao rapaz. Como não conseguiu foi exposto.

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

notícias relacionadas