18.4 C
Jundiaí
quinta-feira, 30 junho, 2022

Espanha vive a maior onda de calor em mais de 40 anos

PUBLICIDADEspot_img

Desacostumados com a intensidade do calor que leva os termômetros às alturas, os espanhóis estão tendo que usar e abusar dos ventiladores, ar-condicionado, piscinas, bebidas refrescantes e sorvetes –todos os remédios foram bem recebidos nesta segunda-feira na Espanha, enquanto os espanhóis aturam a pior onda de calor dos últimos 40 anos. As informações são da Agência de Notícias Britânica Reuters.

Essa  massa de ar quente vem do norte da África e tem feito as temperaturas dispararem, segundo a agência estatal meteorologia Aemet, e a onda de calor sufocante pode durar em grande parte da Espanha até o dia 16 ou 17 de junho, alguns dias antes do início oficial do verão, em 21 de junho.

As pessoas circulam suas bicicletas através de fontes, ou permanecem na sombra enquanto as temperaturas subiram.

Mas para alguns, foi um dia de trabalho normal.

Com as temperaturas passando de 40ºC em partes do sul e região central da Espanha, a atual onda de calor é a mais antecipada a já ser registrada desde 1981, de acordo com a Aemet.

No Toto e Peppino, um famoso restaurante italiano em Madri, o pizzaiolo Simone Roma, de 19 anos, estava trabalhando em um forno.

“Você trabalha e continua indo pela paixão, e porque é o que gostamos de fazer. Corre nas minhas veias, é a minha família”, declarou à reportagem.

“Embora o calor extremo não seja incomum em junho, o fato é que as ondas de calor se tornaram cinco vezes mais frequentes no século 21”, disse o porta-voz da Aemet Ruben del Campo nesta segunda-feira.

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

notícias relacionadas