6.4 C
Jundiaí
sexta-feira, 20 maio, 2022

Em reunião de gestores obras são monitoradas e projetos priorizados

PUBLICIDADEspot_img

Gestores e técnicos da Prefeitura de Jundiaí realizaram, na manhã desta segunda-feira (17), a primeira reunião do ano de monitoramento de obras e projetos prioritários das Plataformas de Gestão de Desenvolvimento Sustentável e de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Emprego. De forma virtual, a reunião foi conduzida pela equipe da Unidade de Gestão de Governo e Finanças.

“Nosso modelo de gestão tem como premissa o planejamento e sua concepção leva em conta a eficiência, muito próxima do que é aplicado pela iniciativa privada”, explica o gestor de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi. “Em Jundiaí, contamos com uma Unidade Central de Entregas, que acompanha, junto às outras unidades de gestão, passo a passo de cada projeto e obra, permitindo destravar gargalos e entregar o equipamento e o serviço público dentro dos prazos estimados para a população.”

Parimoschi lembrou que diferentes desafios se apresentam para 2022. “A pandemia da Covid-19 ainda causa impactos, como a elevação do preço dos insumos e a dificuldade de mão de obra por parte das empresas terceirizadas. Tudo isso tem um reflexo no valor final da obra e em seu andamento, o que exige de nós, gestores públicos, estarmos próximos dos problemas, se antecipando quando possível e reforçando o monitoramento diário de cada projeto.”

Plataformas
Na Plataforma de Gestão de Desenvolvimento Sustentável, a unidade de Infraestrutura e Serviços Públicos abordou os detalhes finais para a entrega do Parque Urbano Santa Gertrudes, que ainda deve receber pintura em seus muros, a instalação de iluminação cênica nos viadutos São João Batista e Romão Nasser, que foram reformados, a construção de uma quadra de esportes na esquina entre as ruas Paulo Moutram e Rubbo Copelli, na região do Jardim Paulista, e obras de galerias de águas pluviais na rua Marco Polo, Vila Hortolândia, que será interditada para os trabalhos e pode sofrer alguns atrasos por causa do período de chuvas.

Já a Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte trouxe à discussão o término do Plano Municipal de Mobilidade Urbana, previsto para fevereiro e que será entregue à Câmara Municipal para ser votado, através de um projeto de lei. Antes, contudo, a Prefeitura fará a apresentação do plano para a população através de um seminário, que está em planejamento. Também foram abordados os reparos finais nas coberturas dos sete terminais de ônibus da cidade.

Representantes da Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente falaram sobre as obras para a requalificação de espaços públicos no bairro São Camilo, entre outras intervenções relacionadas ao programa Entre a Casa e a Escola. Outras intervenções envolvendo segurança no bairro Ponte São João, em andamento, foram tratadas.

Técnicos da DAE abordaram a execução de obras na rede de esgoto na rua Bom Sucesso, no Jardim Fepasa, que será feita de forma conjunta com a Unidade de Infraestrutura e Serviços Públicos e uma construtora para a implantação, também, de novas galerias de águas pluviais no local e na rua Tiradentes.

Pela Unidade de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, foi abordada a Lei de Inovação, que será levada à votação na Câmara de Jundiaí, e, pela Unidade de Gestão de Agronegócio, Abastecimento e Turismo, a colocação de iluminação em 27 pórticos de identificação das rotas turísticas da cidade, prevista para terminar em fevereiro.

(Fonte: Assessoria de Imprensa)

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

notícias relacionadas