spot_img
20.2 C
Jundiaí
quarta-feira, 16 junho, 2021
spot_imgspot_img

Em programa de estreia, Regina Luz entrevista Rodrigo Malagoli

A edição de Lado B(usiness) desta semana foi especial. O programa, até então apresentado pelo diretor-executivo do Grupo Novo Dia (ND), Rodrigo Malagoli, terá no comando a executiva de negócios, Regina Luz. 

Sem tempo nem de ‘esquentar’ a cadeira de âncora do Lado B(usiness), Regina aproveitou para conhecer de Malagoli um pouco mais da história vitoriosa do grupo de comunicação que, a cada dia, se consolida na região de Jundiaí.

“Antes de mais nada quero agradecer a oportunidade e a confiança que todos vocês estão me proporcionando de encarar este grande desafio. Representa uma nova etapa da minha vida”, descreve.

Curiosa, Regina foi logo questionando o início do projeto do Grupo ND que começou em 2012 com a criação de mídias para grandes empresas. 

“Foi quando surgiu o Jundiaí Notícias, um jornal impresso englobando as sete cidades do Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ), mais o município de Itatiba, cuja distribuição era gratuita e feita em locais de grande circulação”, diz.

Logo na primeira edição, o jornal saiu com página dupla de anunciantes, não demorando para chamar a atenção de municípios vizinhos. “Este é um resultado que costumamos chamar de comunicação assertiva que logo leva a sua ampliação”, rebate Regina.

Malagoli explica que o sucesso do produto se deu, em partes, porque há época a versão impressa podia ser acompanhada no digital. “Como a demanda foi crescendo, fizemos um trabalho de pesquisa e fechamos em 17 cidades”.

Surge o Novo Dia

A nova apresentadora do B(usiness) se impressiona com a influência da marca Novo Dia, auditada pela Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo. “O que significa mostrar a real tiragem de um jornal, dando credibilidade ao periódico”, lembra a executiva de negócios. “Uma credibilidade que reforça a marca e atrai clientes e parceiros, permitindo que pudéssemos oferecer o produto gratuitamente”, completa Malagoli.

A partir daí, foi só expansão, até conquistar espaço na Associação Nacional dos Jornal (ANJ), colocando o Novo Dia entre os grandes da mídia nacional. “Antes, porém, foi necessário transformar o jornal em diário e pago, mas sabíamos que o resultado valeria a pena”. 

A pandemia

Enquanto muitas empresas não suportaram a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus, o Grupo Novo Dia foi buscar alternativas para se manter no mercado da comunicação. “Criamos a TV Cena, até porque sentimos um certo enfraquecimento do jornal impresso”. 

A TV Cena são as mídias indoor instaladas em pontos de grande circulação, como lotéricas, padarias, conveniência. “Outro braço da TV Cena é a TV Corporativa que é a forma utilizada pelas grandes empresas para aprimorar a comunicação interna, excluindo o antigo quadro de aviso. “São tipos de comunicação importantes para públicos que não estão habituados à leitura”, lembra Regina.  

O sistema de comunicação corporativo se estende aos condomínios, onde informações se perdem muito facilmente. “O interessante da TV Cena é a agilidade com que uma informação chega até o destino correto”

Atualmente, este trabalho é implantado, não apenas nos meios corporativos, mas também em espaços públicos, do Executivo, Legislativo e Judiciário. “Vamos instalar os displays em Unidades Básicas de Saúde (UBSs) contendo informações para os usuários dos serviços”, conclui.

Confira a entrevista completa no link:  

Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.

SUGESTÃO DE PAUTAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas