spot_img
21.7 C
Jundiaí
sábado, 17 abril, 2021

CPTM faz vistoria para integração do expresso turístico com o Complexo Fepasa

As tratativas para que o expresso turístico chegue até o Complexo Fepasa tiveram um importante avanço nesta sexta-feira (05). Uma equipe da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) realizou, durante o período da manhã, uma visita técnica ao Complexo, a fim de averiguar as linhas férreas e a plataforma onde se pretende fazer o embarque e desembarque de passageiros.  

O estudo é o primeiro andamento após a visita de comitiva da Prefeitura à Presidência da CPTM, em 22 de fevereiro, em que o vice-prefeito, Gustavo Martinelli, e o gestor de Cultura, Marcelo Peroni, fizeram a proposta de integração. Dessa forma, em vez de desembarcarem na estação da CPTM na Vila Arens, os passageiros teriam seu receptivo em área da ala histórica do Complexo que já conta com R$ 400 mil em recursos destinados, entre aporte aprovado pelo MIT – Municípios de Interesse Turístico e contrapartidas, para revitalização de plataforma, fachada e cobertura.

A comitiva dos responsáveis por Operação, Manutenção e Material Rodante da CPTM foi recebida pelo diretor do Departamento de Gestão do Complexo Fepasa, William Paixão, representando a Unidade de Gestão de Cultura (UGC), e demais representantes do Departamento de Fomento ao Turismo, da Unidade de Gestão de Agronegócio, Abastecimento e Turismo (UGAAT). Além de reunião de alinhamento na Sala dos Relógios e vistoria às linhas, o grupo percorreu algumas das salas do Complexo, que é o único patrimônio histórico do Município com tombamento em nível nacional pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

“O objetivo deste encontro era identificar as intervenções e as decisões conjuntas necessárias. Em nosso favor temos o Plano Diretor do Complexo já aprovado pelas instâncias competentes e o período necessário para planejarmos a ocupação local coordenada, cada vez mais atendendo à requalificação do espaço do ponto de vista cultural, turístico e de economia criativa. A vinda do expresso turístico vem ao encontro destas intenções, trazendo mais ocupação, mais fomento à economia e, principalmente, mais vida ao Complexo”, explica William.

Para o diretor de Operação e Manutenção da CPTM, Luiz Eduardo Argenton, a avaliação inicial das condições locais foi positiva. “O Complexo Fepasa sempre foi uma área cujas atividades a CPTM teve interesse de alavancar. Diante da proposta da Prefeitura, quisemos entender as condições técnicas das vias, que são atualmente operadas pela empresa Rumo. Felizmente, a linha é mais próxima do que pensávamos da plataforma pretendida e isso traz facilidade. Os próximos passos serão incluir a Rumo neste diálogo e fazer a análise de todas as plantas de linhas no local.”

Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.

SUGESTÃO DE PAUTAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas