21 C
Jundiaí
quinta-feira, 25 fevereiro, 2021

Mundo das crianças: Um relato sobre a visita no parque

Levei minha filha na manhã de domingo para conhecer o Mundo das Crianças. Após agendamento durante a semana, cheguei e fui informado para aguardar atrás de alguns carros, que já estavam esperando.

Devido a pandemia muitas regras foram impostas para a visita guiada ao espaço, que não está aberto ao público ainda. O que não impediu o divertimento durante o percurso. Tudo muito bem organizado.  

Fomos recepcionados pela Cristina, que muito educada nos explicou como seria o trajeto e ao sermos liberados para entrar, o monitor Lucas – um estagiário de biologia, nos explicou qual o foco do parque e qual trajeto iríamos fazer.

Começamos pela parte que a criançada – e os adultos mais gostam: Água. Vários jatos brotam do chão de maneira aleatória, trazendo diversão para a criançada, que saem de lá molhadas – Então uma dica: levem outra muda de roupa e toalha.

Logo depois, fomos para as quadras de tênis, basquete e os espaços que  ainda estão em construção, como a área de skate e parkour. Seguimos para conhecer o local de dois parques que ainda estão em finalização, e não pude deixar de notar os brinquedos coloridos que estão espalhados em todo o parque. 

Fomos surpreendidos pela área de lazer para as crianças. Nada de gira-gira ou brinquedos tradicionais. Eram peças de madeiras, cordas, elementos de som e outros que incentivam a criatividade e aspecto lúdico de aprendizagem, que remetem à infância dos mais velhos. Vocês são da geração que subia em árvores ou escalava morros? Pois é, é disso que estou falando.

O monitor nos disse que todas as árvores retiradas para a construção do parque não eram nativas e sim invasoras. Mas, em contrapartida, todas que foram plantadas no espaço são nativas e tem até uma área de pomar, que quando estiver na época de colheita será liberada para o consumo.

Chegamos ao foguete, aquele que aparece em todas as reportagens e inclusive, foi capa do Estado de São Paulo neste domingo. O brinquedo ainda está em finalização, portanto ainda não está aberto ao público, mas é lindo. Foi elaborado para remeter ao foguete que tinha no Parque Corrupira e causar certo saudosismo em quem viveu a época. 

A Casa da Árvore é um charme à parte, ela é usada pela Educação para aulas ao ar livre. Não é à toa que o Mundo das Crianças virou destaque na imprensa brasileira e também em citações na imprensa internacional.

O que posso dizer é que o Waltinho – atual presidente da DAE S/A, e que estava à frente do projeto desde o início – fez um ótimo trabalho. Minha filha adorou e não vê a hora de voltar.

Rodrigo Malagoli.

Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.

SUGESTÃO DE PAUTAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

notícias relacionadas