25.9 C
Jundiaí
domingo, 7 março, 2021

Após iniciar vacinação de professores, Chile supera 2 milhões de imunizados

A meta do governo é vacinar 5 milhões de pessoas em maior risco até 30 de março e outros 10 milhões até 30 de junho. O país tem 19 milhões de habitantes.

O Chile começou a vacinar os professores contra o covid-19 na segunda-feira (15), com o objetivo de retomar as aulas presenciais em março. Os professores deveriam ser vacinados no fim do mês, mas o governo decidiu adiantar o processo para evitar o fechamento de escolas.

“Com o início desse processo queremos dar segurança aos professores, pais e também às crianças para que possam voltar às aulas em março de forma voluntária e segura”, afirmou o ministro da Saúde, Enrique Paris.

Está prevista a vacinação de 514 mil funcionários, entre professores, pré-escolares, auxiliares de educação, diretores, administradores e manipuladores de alimentos

“Hoje se abre para nós uma luz de esperança que nos permite em algum momento reencontrar nossos filhos”, disse à imprensa Glória Alfaro, a primeira professora a ser vacinada. 

Número ultrapassa 2 milhões de vacinados no país

Com menos de duas semanas de campanha, o Ministério da Saúde informou que, até ontem (15/02), 2.092.453 pessoas já receberam a primeira dose da vacina. 

“Nosso país tem muita experiência em relação à vacinação, pois todos os anos vacinamos gripe com as mesmas características desse processo”, lembrou a enfermeira, María Trinidad Fraga, de 26 anos, que é chefe do posto de vacinação, do Estádio Municipal, no leste de Santiago.

Escolas, estádios, academias e centros de atenção primária estão sendo usados para realizar a vacinação.

Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.

SUGESTÃO DE PAUTAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

notícias relacionadas