20.5 C
Jundiaí
sábado, 27 fevereiro, 2021

Imposto e Ganância

O presidente da Volkswagen do Brasil, Pablo Di Si, afirmou ao jornal O Estado de São Paulo, em seu suplemento Jornal do Carro, que 54% do preço do carro no Brasil é imposto. E Pablo quer que esses impostos sejam reduzidos. Num ponto ele tem razão – é muito imposto e precisa menos colocar um freio nisso. Noutro ponto ele está enganado. Ou jogando para a torcida.

Boa parte do preço do carro no Brasil é formado pela ganância das montadoras. Em lugar nenhum do mundo elas têm os mesmos lucros que no Brasil. Isso porque o marketing das montadoras descobriu – e faz tempo – que o brasileiro é otário nato, gosta de ser enganado, é vaidoso e vive de aparências. E nada melhor que um carro novo, do ano, para ostentar.

Em outros países não existe essa história de trocar de carro todos os anos, ou a cada dois ou três anos. Na Europa, a idade média útil de um carro na mão do mesmo dono chega a 25 anos. Ninguém se importa com lançamentos, modismos etc. Aqui a história é completamente diferente. Se o vizinho comprou um modelo novo, por que vou continuar com o meu mais velho? Tal modelo saiu agora com um friso diferente e por isso preciso comprá-lo.

O que existe no Brasil é a receita perfeita: o otário que compra, a fábrica que vende a preços absurdos porque o otário não questiona, e o governo que se aproveita dos dois, otário e fábrica, arrancando o que pode em forma de impostos. A ganância é tanta, que mesmo depois do sujeito pagar pelo carro na loja, continua pagando para ter o direito de usá-lo – basta ver o IPVA.

Em anos passados houve outros entendimentos. Pagava-se a licença anual e pronto. Depois criaram o DPVAT, que é até razoável, e por fim criaram o IPVA – sem abolir qualquer dos impostos anteriores. Então, não são somente os impostos que encarecem o carro. A ganância das montadoras e do governo colaboram horrores nisso. E imposto é à base de porcentagem – quanto mais caro o carro, maior o imposto.

Quanto a don Pablo, a melhor colaboração que ele pode dar para nosso país é ir embora. O quanto antes. A VW já foi melhor, mas quando presidida por alemães. Don Pablo não convence ninguém.

Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.

SUGESTÃO DE PAUTAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

notícias relacionadas