21.9 C
Jundiaí
sábado, 23 janeiro, 2021

Governo de SP diz que CoronaVac teve eficácia de 78% em testes feitos no Brasil

O Instituto Butantan deve enviar o pedido de autorização para o uso emergencial à Anvisa

O governo de São Paulo informou nesta quinta-feira (7) que a CoronaVac registrou 78% de eficácia nos testes clínicos realizados no Brasil. Ainda de acordo com o governo, a vacina garantiu a proteção total (100%) contra mortes, casos graves e internações nos voluntários vacinados que foram contaminados.

Desenvolvida pelo Instituto Butantan, em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, a vacina foi testada em 13 mil profissionais de saúde voluntários em oito estados brasileiros, desde o dia 20 de julho, quando começou a fase 3 dos testes.

Os dados foram apresentados à Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa). O Instituto Butantan deve enviar o pedido de autorização para o uso emergencial e o registro definitivo da vacina no país.

Nesta quarta (6), o governador João Doria (PSDB) se reuniu com com prefeitos do estado para tratar do plano estadual de imunização e informou que a vacinação irá ocorrer a partir do dia 25 de janeiro, de segunda a sexta, das 7h às 22h, e de 7h às 17h aos sábados, domingos e feriados.

Jundiaí – A Prefeitura de Jundiaí manifestou a capacidade do município para o armazenamento e a distribuição das doses da vacina contra a Covid-19. Técnicos da saúde elaboraram um Plano Municipal de Imunização que define as etapas e os grupos prioritários para o acesso à vacina, por meio da rede SUS, após o registro do imunizante pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De forma antecipada, Jundiaí investiu na renovação das câmeras de armazenamento de vacinas, infraestrutura da Rede de Atenção Básica, o que inclui a aquisição de seringas e agulhas, bem como na recomposição e ampliação dos quadros de recursos humanos.

“Já servimos de exemplo de sucesso na estratégia da campanha vacinação contra Febre Amarela, entre 2017 e 2018. No caso da Covid-19, fizemos o planejamento com os dados referentes a cada território, como medida para acelerar a imunização tão logo o imunobiológico seja aprovado pela Anvisa”, destaca o prefeito Luiz Fernando Machado.

Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.

SUGESTÃO DE PAUTAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

notícias relacionadas