24.7 C
Jundiaí
quinta-feira, 28 janeiro, 2021

Ele precisa de freios

Alguém precisa colocar freios no homúnculo que governa São Paulo. Talvez ele tenha perdido a noção, talvez esteja mesmo mostrando sua verdadeira índole, a de ditador. São notórias suas mentiras e seus atos irracionais, que comprometem a vida de todo o povo paulista. E os deputados estaduais, que poderiam e deveriam questionar seus atos, se fazem de surdos, cegos e mudos. Conivência total.

O homúnculo fechou o estado nas festas de fim de ano (Natal e Ano Novo), permitindo a abertura somente dos chamados serviços essenciais. Nâo foi medida preventiva às aglomerações. A intenção do homúnculo, tem-se certeza, foi forçar a barra, tentando jogar o povo contra a Anvisa (leia-se Bolsonaro), na base da pressão para liberar a vacina chinesa. Foi só mais uma de suas estripulias.

O governo federal isentou os donos de carros do pagamento do seguro DPVAT. É pouco, mas ajuda. O homúnculo aumentou o licenciamento em 40%. Ele também aumentou o ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias) de quase tudo. Não escaparam os hospitais, as farmácias, a indústria de alimentos, os bares, lanchonetes e restaurantes. A desculpa do homúnculo é que a medida vem para equilibrar as contas de seu desgoverno. Seria mais lógico e racional cortar despesas, como carros oficiais, verbas de gabinete, publicidade e outras mordomias.

Ele sempre mentiu, e agora ninguém acredita em sua ópera bufa. Mentiu ao se unir a Bolsonaro (lembra-se do Bolsodoria?) para se eleger – coisa que hoje ele nega, apesar das fotografias e vídeos. Visitou a China (e isso foi fartamente documentado) e agora afirma que nunca teve contato com os chineses. Da China, comprou respiradores a preços absurdos – e eles nunca chegaram. Nessa visita, talvez tenha acertado com os chineses a compra da vacina contra a Covid. A mesma vacina que agora ele luta com unhas e dentes para que seja aprovada pela Anvisa.

Mentiu quando se elegeu prefeito da Capital, prometendo cumprir o mandato até o fim – não ficou dois anos. Mentiu quando tentou explicar o vídeo pornográfico onde ele aparece rodeado de garotas de programa em plena orgia. Foi lacônica sua explicação, dada ao lado da mulher. E o semblante da mulher não deixava dúvidas – nem ela estava acreditando na história.

Por muito menos do que tudo isso, alguns governadores passaram apertos com os deputados de seus estados. Precisaram se explicar. Aqui em São Paulo não há problemas. Todos os deputados, ao que parece, estão satisfeitos com os demandos do homúnculo. Ele está precisando de freios. A disco, e sem ABS, que é para travar mesmo.

ANSELMO BROMBAL
Jornalista

Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.

SUGESTÃO DE PAUTAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

notícias relacionadas