26 C
Jundiaí
sexta-feira, 26 fevereiro, 2021

Rússia diz que vacina Sputnik V é 92% eficaz contra a Covid-19

Os estudos, conduzidos na Rússia, têm 40 mil voluntários e está na fase 3 dos testes

A Rússia anunciou que a vacina Sputnik V, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya contra a Covid-19, é 92% eficaz. O comunicado divulgado nesta quarta-feira (11), traz a informação que eficácia foi calculada com base em 20 casos confirmados de Covid, que ocorreram tanto em voluntários que tomaram a primeira dose da vacina quanto naqueles que receberam o placebo (substância inativa). Os estudos, conduzidos na Rússia, têm 40 mil voluntários.

A vacina Sputnik V está na fase 3 dos testes, mas os resultados ainda não foram revisados por outros cientistas, etapa que é necessária para que sejam publicados em revista científica.

O anúncio russo acontece dois dias depois que as farmacêuticas Pfizer e BioNTech anunciaram que sua candidata a vacina contra a Covid-19, a BNT162b2, teve mais de 90% de eficácia na prevenção da doença.

Para a FDA, agência regulatória dos Estados Unidos equivalente à Anvisa no Brasil, qualquer vacina deve comprovar 50% de eficácia antes de ser liberada nos EUA.

Brasil – Os estudos da vacina Coronavac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, seguem suspensos pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), após a morte de um voluntário, que teria cometido suicídio.

Segundo o órgão, dados sobre os testes da Coronavac enviados pelo comitê internacional independente de segurança da pesquisa passarão por análise. O governo de São Paulo tem um acordo de compra de 46 milhões de doses e a produção do imunizante pelo Instituto Butantan, que também coordena os testes no Brasil.

Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.

SUGESTÃO DE PAUTAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

notícias relacionadas