25.9 C
Jundiaí
domingo, 7 março, 2021

Nobel de Medicina premia trio por descoberta do vírus da hepatite C

O Nobel de Medicina foi para três pesquisadores que descobriram o vírus da hepatite C. Após anúncio do prêmio nesta segunda-feira (5), o trio afirmou que isso já “era esperado há anos”.

Os americanos Harvey J. Alter e Charles M. Rice e o britânico Michael Houghton foram laureados por suas contribuições na luta contra uma doença que causa cirrose e câncer de fígado em milhões de pessoas todos os anos.

“Foi uma descoberta imensa para a saúde humana, mudou a vida de milhões de pessoas. O Nobel era esperado havia anos”, declarou Abrignani, que já trabalhou com Houghton, premiado por ter isolado e sequenciado o genoma do vírus da hepatite C, nos anos 1980.

Já Alter foi laureado por ter descoberto um novo tipo de hepatite viral transmitida pelo sangue, na década de 1970, antes do trabalho de Houghton, enquanto Rice liderou as pesquisas que determinaram que o patógeno era capaz de se replicar e causar a doença sozinho.

“Eles estiveram várias vezes entre os finalistas”, acrescentou o italiano, que descobriu o receptor do vírus da hepatite C, ou seja, sua porta de entrada nas células humanas.

“A descoberta do vírus da hepatite C é um marco na batalha contra doenças virais. Graças à sua descoberta, testes sanguíneos de alta sensibilidade estão agora disponíveis e praticamente eliminaram hepatites pós-transfusão em muitas partes do mundo”, justificou o comitê do Nobel.

Veja também:

Maior roda-gigante da América Latina será instalada em parque de SP

Cresce em 12% o consumo de água em Jundiaí

Homem não supera fim do relacionamento e ateia fogo na ex-mulher durante transmissão ao vivo

Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.

SUGESTÃO DE PAUTAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

notícias relacionadas