spot_img
spot_img
27.6 C
Jundiaí
sexta-feira, 3 dezembro, 2021
spot_img

Governador do Rio de Janeiro, o jundiaiense Wilson Witzel enfrenta impeachment

O governador do Rio de Janeiro o jundiaiense Wilson Witzel (PSC) terá que se defender de um processo de impeachment para continuar no cargo.

O impeachment foi aberto na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Entre os argumentos que levaram a abertura do processo estão improbidade administrativa pelo mau uso de dinheiro público, além de desvios em contratos na área da saúde envolvendo organizações sociais. 

No último dia 10, em votação simbólica, a maioria dos deputados da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, a Alerj, concordou com abertura de processo de impeachment do governador.

pós a decisão da Alerj na quarta-feira (10) o governador Wilson Witzel divulgou uma nota.

“Recebo com espírito democrático e resiliência a notícia do início da tramitação do processo de impeachment pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro.

Estou absolutamente tranquilo sobre a minha inocência. Fui eleito tendo como pilar o combate à corrupção e não abandonei em nenhum momento essa bandeira. E é isso que, humildemente, irei demonstrar para as senhoras deputadas e senhores deputados.

Como bem ressaltaram o presidente da Alerj, André Ceciliano, e a maioria dos parlamentares, terei direito à ampla defesa e tenho certeza absoluta de que poderei demonstrar que nosso governo não teve tolerância com as irregularidades elencadas no processo que será julgado.

“ou seguir nas minhas funções como governador e me preparar para a minha defesa. Tenho certeza que os parlamentares julgarão os fatos como eles verdadeiramente são”.

Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

notícias relacionadas